Seguidores

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

O menino que usava luvas


Ia sempre de bicicleta para a escola. Não era distante de casa, a mãe ficava tranquila. Até que soube que ia, "sempre na mão dos carros, mãe!", no meio deles, e não pela ciclovia, caminho um pouco maior para a pressa e impaciência dos seus graves quinze anos.
Mas, meu filho, além de tudo, sem capacete! Objeto que considerava, naturalmente desnecessário e supérfulo, além de cafona, é claro...
Ir para a Disney, com o grupo da escola, não cogitava...mesmo com a insistência insistente da família...o que deixava a mãe até um pouco orgulhosa, imaginando que o motivo seria uma certa maturidade para estes passeios pouco criativos e (estes sim ) supérfulos, segundo o conceito dela. Finalmente, o motivo, descoberto no segunda ano seguido da recusa..."tenho medo do avião".
Como assim? Um menino que se aventura, pelo trânsito do Rio de Janeiro, pelo meio dos carros, sem capacete, não vai participar de um passeio desses porque tem medo de avião??
E, diante do argumento da mãe "sem capacete", exclamou: "É por isso que eu uso luvas, mãe!"
referindo-se às luvas de ciclista, estas sim, de uso totalmente imprescindível a seu ver, e, ainda, lembrando-se rapidamente de pedir uma nova, pois a dele estava rasgando-se...

O que realmente nos assusta e paralisa, são nossos medos internos, do que não dominamos, e não o perigo real, e presente.

 Desde que estejamos devidamente protegidos, é claro...pelo uso de luvas! Rá!

7 comentários:

Adriana disse...

Muito bom!!! Você realmente escreve muito beem!! :)

Jorge Sader Filho disse...

Vou comprar um par de luvas...
Gostei, Maria Alice!
Beijos.

Blogat disse...

Mas precisam ser luvas de ciclista, Jorge, senão não estará protegido! rs

Viii disse...

HAHAHAHAHAHAHA!
A-m-e-i, Maria Alice!
Que lindo post e muito sábia a sua observação. O que nos trava, o que nos impede de ir adiante realmente são os empecilhos interiores.
Vamos usar luvas, não é?
A solução estava aí o tempo todo e só nós não sabíamos!!!

Abraços de Carnaval

Blogat disse...

Luvas, Vii, ou qualquer coisa que nos dê segurança. Acho válido.
Beijo!!

xika disse...

Nunca dei muita importância ao uso de luvas, se as usava me sintia incomodada. Agora lendo este texto mudei meu pensamento em relação ao uso de luvas: indispensáveis, devendo ser usadas ao máximo. Se rasgarem, pede pra mãe!

Blogat disse...

Vi-vendo e aprendendo... ;-)